banner 900 paraiso 1 real novo

Prefeitura não tem esclarecimento do Estado sobre a questão

Mais uma vez servidores da Prefeitura de Guaxupé estiveram na Secretaria Regional de Saúde, na cidade de Alfenas/MG, para buscar os medicamentos de alto custo, fitas de glicemia e glicosímetros e foram informados da não disponibilidade. Há cerca de 02 anos o Governo de Minas parou de enviar os medicamentos. Mesmo diante das inúmeras cobranças feitas pela Prefeitura, os pacientes estão correndo risco por ficarem sem o devido tratamento feito com os medicamentos de alto custo.

De acordo com Elina Costa, secretária municipal de Saúde, as pessoas estão passando por dificuldades seríssimas e a Prefeitura fica impossibilitada legalmente de adquirir os medicamentos, uma vez que fazem parte da lista sob responsabilidade do Governo Estadual: “Há 02 anos enfrentamos este problema. O cidadão que faz uso de medicamentos de alto custo estão padecendo de atenção do Estado e ninguém consegue uma resposta. O que sempre nos dizem é que não tem o medicamento disponível aos municípios e pronto. Ficamos de pés e mãos atados, pois é uma responsabilidade do Governo de Minas”, desabafou.

 

medicamento generico

A preocupação maior é que cada mês que passa a relação de medicamentos indisponíveis pelo Estado aumenta ainda mais. Desta vez, até mesmo os aparelhos que medem a glicose, utilizados diariamente pelos diabéticos, estão em falta e a data para a regularização da situação, ninguém sabe.

“Eles não dizem o por que e tampouco nos dá a esperança de que a situação será regularizada. Na Regional de Alfenas, onde buscamos estes medicamentos para serem entregues aqui em Guaxupé, dizem que o problema é no Governo e quando questionamos a Secretaria do Estado, não temos resposta alguma”, disse Elina.

A situação, por sua gravidade, está sendo tratada pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Jurídico da Prefeitura: “Não podemos deixar estas pessoas sem os medicamentos. Portanto, acionamos o nosso jurídico para que as providências legais possam ser tomadas junto ao Governo de Minas e estes medicamentos disponibilizados. O povo não tem culpa da crise que vive o Estado”, finalizou a secretária Elina.

Ao contrário do Estado, a Prefeitura de Guaxupé tem mantido a distribuição regular dos medicamentos existente na lista do REMUME (Relação Municipal de Medicamentos) e somente de janeiro a maio deste ano, investiu mais de R$785 mil.

Usuários Online

Temos 519 visitantes e Nenhum membro online

Fale com Magaiver

magaiverwtsapp

Fale conosco

Assine e receba novidades

900X150 MAGAIVER

Nossa Empresa

  • Estamos localizados na Bartolomeu Bueno da Silva, 105 sala 02 - Bairro Recreio dos Bandeirantes - Guaxupé - MG CEP: 37.800-000 - Brasil
  • Nosso e-mail é Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Nosso fone e whatsapp (35) 9 8894 9505
  • Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº 9.610, de 19/02/1998. Nenhuma parte deste site, sem autorização prévia por escrito dos responsáveis, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônico, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros.

JORNALISTA DIRETOR

MAGAIVER10

Curta nossa página

Sem título
 

 

Configurações do Site

Cor

Escolha uma das cores abaixo:
Azul Laranja Vermelho

Corpo

Cor de fundo
Cor do texto

Cabeçalho

Cor de Fundo

Destaque 3

Cor de Fundo

Destaque 4

Cor de Fundo

Destaque 5

Cor de Fundo

Rodapé

Selecione um tipo de menu
Fontes do Google
Tamanho da fonte
Tipo da Fonte
Direção